logo-ge

11 séries incríveis que vão estimular seu raciocínio

Conflitos psicológicos, investigações criminais, realidades paralelas e ficção científica são alguns dos elementos que farão você quebrar a cabeça

Fazer uma pausa durante os estudos é algo fundamental para conseguir render mais. Seja passar um tempo com a família, conversar com os amigos ou praticar um exercício, certas atividades mudam o dia e deixam você mais motivado. E assistir a uma boa série, por exemplo, além de ajudar a relaxar, pode ampliar o seu repertório.

Sem necessariamente abordar um tema específico de vestibular, muitas obras dão bagagem para exemplificar um comportamento humano, temas filosóficos ou mesmo conflitos da nossa sociedade por meio da ficção. Já explicamos passo a passo por aqui como usar filmes, como A Ilha, O Preço do Amanhã e A Chegada, por exemplo, nas suas redações.

Então que tal conhecer 11 séries que, mesmo relaxando, vão estimular o seu cérebro? Veja abaixo:

Black Mirror

 (Netflix/Divulgação)

Nessa ficção científica, cada episódio tem temáticas, personagens e histórias diferentes, mas sempre com algo em comum: uma sociedade com a vida atrelada à tecnologia e os impactos sombrios que isso pode gerar.  

A série chega a ser perturbadora, e faz algumas reflexões e críticas tão plausíveis à fixação das pessoas por dispositivos tecnológicos e como eles transformam a realidade que chega a ser satírico. Especialmente quando já nos deparamos com as situações retratadas.

E além de quebrar a cabeça, quer vivenciar um pouco de toda essa loucura? Tudo bem! Um dos episódios, Bandersnatch, é interativo e cena após cena você precisa decidir quais atitudes devem ser tomadas pelo protagonista – definindo um final específico para cada “caminho” que você trilhar.

Disponível na Netflix.

The OA 

 (Netflix/Divulgação)

A série conta a história de Prairie Johnson, uma garotinha cega que desaparece. Sete anos depois, ela volta com uma visão perfeita e com um novo nome: OA. 

A personagem se recusa a explicar ao FBI e aos seus pais o que aconteceu, mas recruta um grupo de cinco pessoas para dividir suas experiências e ajudá-la a resgatar outros desaparecidos . 

Disponível na Netflix.

Dark

 (Netflix/Divulgação)

Essa é uma série que com certeza vai fazer você pensar muito. Não é à toa que a Netflix até divulgou um guia interativo para as pessoas conseguirem acompanhar as reviravoltas apresentadas. 

Dark conta a história dos moradores de uma pequena cidade na Alemanha, Winden, que se deparam com misteriosos desaparecimentos. A série alemã é um sucesso da plataforma de streaming e aborda viagens no tempo, árvores genealógicas confusas e intrincadas, suspense e muita ficção científica. 

Confira aqui quais conceitos físicos e filosóficos estão presentes na obra e como eles foram explorados ao longo da trama. 

Disponível na Netflix

The Sinner

 (Netflix/Divulgação)

A série tem três temporadas e em cada uma o detetive Harry Ambrose tenta descobrir o que levou os personagens centrais a cometerem crimes perturbadores, avaliando principalmente fatores psicológicos. Ele investiga possíveis traumas e traços de personalidade que teriam desencadeado as ações, e está mais focado no porquê do que nos detalhes do crime em si.

Disponível na Netflix.

Maniac

 (Divulgação/Divulgação)

Owen, um jovem com esquizofrenia, e Annie, que já foi viciada em drogas e enfrenta problemas familiares, aceitam participar de uma experiência que permitiria que eles não sentissem mais tristeza. Com o tempo, passam a misturar fantasia com o que é real, sendo inseridos em diversas realidades paralelas que acabam revelando o que realmente se passa em suas mentes.

Disponível na Netflix

Glitch

 (Divulgação/Divulgação)

Um policial é chamado em um cemitério para investigar o fato de seis pessoas que estavam mortas terem saído de suas covas. Todas estão saudáveis, mas sem memória, por isso não sabem como ou por que voltaram. Uma delas é a esposa do próprio policial, que havia morrido de câncer. Juntos, eles tentam descobrir o que realmente aconteceu. 

Disponível na Netflix.

Orphan Black

 (Divulgação/Divulgação)

Sarah Manning presencia o suicídio de uma mulher idêntica a ela e decide assumir a identidade da sósia por questões financeiras. Mas, na sequência, conhece outras mulheres que também têm a mesma aparência que ela e passa a investigar o motivo dessa semelhança. A série envolve muitos mistérios e experiências genéticas. 

Disponível na Netflix.

Boneca Russa

 (Netflix/Divulgação)

Nesse comédia dramática, a personagem Nadia morre em seu aniversário de 36 anos. Mas logo depois retorna para o mesmo lugar que estava pouco antes de morrer. Ela passa a viver esse dia repetidamente e tenta descobrir como quebrar esse ciclo. 

Clifford Pickover, doutor em biofísica molecular da Universidade Yale, nos Estados Unidos, contou à BBC como a série pode ser explicada a partir de conceitos, como multiversos, teoria do caos e viagem no tempo. Com certeza é um prato cheio para quem curtiu Dark

Disponível na Netflix.

Altered Carbon

 (Netflix/Divulgação)

A série se passa no futuro, em um mundo no qual é possível arquivar e transferir a consciência humana de um corpo para outro. O protagonista Takeshi Kovacs acorda depois de 250 anos em um novo corpo para investigar o assassinato do mesmo homem que decide contratá-lo, o milionário Laurens Bancroft.

Disponível na Netflix

Sherlock

 (Netflix/Divulgação)

A série é uma versão moderna da famosa história criada por Sir Arthur Conan Doyle. O detetive Sherlock Holmes e seu parceiro John Watson investigam diversos crimes a partir de elementos lógicos, fatores psicológicos, mas também de muita intuição e perspicácia. É uma obra que traz uma certa comicidade por causa da personalidade dos personagens centrais e é instigante pela forma como os casos são solucionados.

Disponível na Netflix

Sense8

 (Netflix/Divulgação)

Nesse ficção científica, oito pessoas que não se conhecem notam que estão conectadas mental e emocionalmente. De uma hora para outra, elas passam a compartilhar os mesmos sentimentos, ver as mesmas coisas e até adquirem as mesmas habilidades. A partir desse momento, passam a ser perseguidas por uma organização que tenta exterminá-las.

Vale lembrar, que a série é das mesmas criadoras de Matrix.

Disponível na Netflix.