Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Como é o vestibular de 8 universidades concorridas de Medicina

Organize-se desde já e entenda a estrutura de cada exame para não ser surpreendido na hora da prova

Por Julia Di Spagna 18 mar 2021, 17h13

Sabemos que no final do ano, vestibulandos de Medicina encaram uma maratona de provas com diferentes formatos em diferentes cidades. Dessa forma, é fundamental se organizar. Fazer uma lista com todos os vestibulares que pretende prestar e destrinchar as provas de cada um é uma estratégia que pode ajudar muito nesse sentido. Anote a quantidade de questões de cada fase, o gênero cobrado na redação, se o exame cobra questões específicas de acordo com a carreira e se as questões serão objetivas, discursivas ou ambos estilos.

Para te ajudar, reunimos oito vestibulares concorridos na área e explicamos como as provas funcionam. Vale lembrar que muitas universidades federais usam o Sisu como forma de ingresso. Além disso, o levantamento se baseia no formato dos vestibulares antes da pandemia

USP

(Universidade de São Paulo)

Por meio do vestibular da Fuvest, os candidatos devem encarar duas fases. 

A primeira fase do vestibular da Fuvest é composta por 90 questões de múltipla escolha para cinco horas de prova. As questões são divididas entre as disciplinas básicas do ensino médio – português e literatura, história, geografia, matemática, física, química, biologia, inglês – e algumas interdisciplinares.

A segunda fase é composta por dois dias de prova, com duração de 4 horas cada uma delas. O primeiro dia é composto por 10 questões de português e uma redação; no segundo são 12 questões de igual valor, sobre duas a quatro disciplinas, dependendo da carreira escolhida. Se forem duas disciplinas, haverá seis questões para cada uma delas. Se forem três disciplinas, haverá quatro questões para cada uma. Se forem quatro disciplinas, haverá três questões para cada uma. Lembrando que todas as questões, nos dois dias, serão dissertativa.

UNESP

(Universidade Estadual Paulista)

A primeira fase do vestibular da Unesp é composta por uma prova de conhecimentos gerais. O candidato tem 5 horas para resolver 90 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada. 

São 30 questões para cada uma das seguintes áreas: 

  • Linguagens e Códigos: língua portuguesa e literatura, língua inglesa, educação física e arte;
  • Ciências Humanas: história, geografia, filosofia e sociologia;
  • Ciências da Natureza e Matemática: biologia, química, física e matemática.

A segunda fase, também com duração de 4 horas e 30 minutos, possui 36 questões discursivas e uma redação em gênero dissertativo. A prova será realizada em dois dias. 

1º dia: 24 questões, sendo 12 de Ciências Humanas (história, geografia, filosofia e sociologia) e 12 de Ciências da Natureza e Matemática (biologia, química, física e matemática).

2º dia: 12 questões de Linguagens e Códigos (língua portuguesa e literatura, língua inglesa, educação física e arte) e uma redação. 

UNICAMP  

(Universidade Estadual de Campinas)

A primeira fase da Unicamp é composta por 90 questões de múltipla escolha. Diferentemente do Enem, da Fuvest e da Unesp, os testes do exame da Unicamp contêm quatro alternativas, em vez de cinco. São cobradas 13 questões de língua portuguesa e literatura, 13 de matemática, 9 de história, 9 de geografia, 9 de física, 9 de química, 9 de biologia, 7 de inglês e 12 perguntas interdisciplinares. Os conteúdos de filosofia aparecem junto com os de história e de geografia. Além disso, a disciplina de inglês é aplicada somente nesta fase. 

Na segunda fase da Unicamp, as provas são aplicadas em três dias consecutivos. A duração de todas elas é de quatro horas.  

No primeiro dia, os candidatos passam pelas provas de português, literatura e redação. Já no dia seguinte enfrentam as matérias de história, geografia e matemática. Por último, realizam as disciplinas de física, química e biologia. Todas as questões da segunda etapa são dissertativas, sendo que cada disciplina conta com seis perguntas.

Continua após a publicidade
  • FAMERP

    (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto)

    As provas do Vestibular da FAMERP são aplicadas em dois dias, com quatro horas para resolver cada uma. No primeiro dia, os candidatos devem resolver 80 questões objetivas distribuídas igualmente entre as disciplinas de matemática, biologia, geografia, física, história, química, língua portuguesa e língua inglesa. Já no segundo dia, são 8 questões de biologia, 6 de química e 6 de física, além de uma Redação.

    UERJ

    (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

    O vestibular da Uerj é dividido em duas fases. 

    A primeira fase é chamada de Exame de Qualificação, composto de 60 questões de múltipla escolha.

    Depois de aprovado na primeira etapa, o candidato precisa fazer uma nova inscrição para participar da segunda parte da prova, na qual ele escolhe o curso que deseja concorrer e se irá ou não usar cotas sociais ou raciais.

    Na segunda fase, os estudantes devem fazer uma redação e duas provas específicas de acordo com a carreira escolhida. E embora o gênero da redação seja o argumentativo-dissertativo, comum na maioria dos vestibulares, o tema da prova é baseado em um dos livros escolhidos para a segunda fase.

    UEL

    (Universidade Estadual de Londrina)

    A primeira fase do vestibular da UEL é composta por uma prova de Conhecimentos Gerais, com 60 questões objetivas. Já a segunda é aplicada em dois dias e contempla uma prova de língua portuguesa, literatura e língua estrangeira, uma de conhecimentos específicos com questões discursivas e uma redação. 

  • UNIFESP

    (Universidade Federal de São Paulo)

    Apesar de a Unifesp usar o Sisu como forma de seleção para a maioria dos cursos, quem presta Medicina deve realizar o vestibular misto. Ou seja, o candidato precisa realizar a edição mais recente do Enem, que será considerada como “primeira fase” da seleção. 

    A segunda é chamada de “Provas Complementares”. Nessa etapa, são dois dias de prova, sendo que no primeiro os estudantes devem resolver 15 questões de múltipla escolha de língua portuguesa e 10 questões de língua estrangeira e produzir uma redação do gênero dissertativo.

    O segundo dia da segunda fase é voltado para os conhecimentos específicos, com 20 questões discursivas sobre biologia, química, física e matemática.

    UFRGS

    (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

    No total, são quatro dias de prova com 4h3o de duração cada. Os candidatos devem resolver  25 questões objetivas para cada matéria.

    No primeiro dia,  o estudante deve responder as questões objetivas de física, literatura em língua portuguesa e língua estrangeira. No segundo, além das questões de língua portuguesa, o participante também deverá produzir uma redação. Já no terceiro dia, as questões são sobre as disciplinas de biologia, química e geografia. E por fim, no quarto dia, o estudante encara as questões de história e matemática.

    + Quero Bolsa | Procurando por Bolsas de Estudo para graduação, pós-graduação ou técnico?! Garanta uma Bolsa de Estudo de Até 75% nas Mensalidades. Saiba mais!

    Continua após a publicidade
    Publicidade