Clique e assine GE Play por R$16,90

O que fazer na semana do Enem, de segunda a sábado

Conversamos com especialistas para dar dicas sobre o que fazer na semana que antecede o primeiro dia do exame

Por Redação - Atualizado em 28 out 2019, 14h26 - Publicado em 28 out 2019, 10h09

O nervosismo e a ansiedade podem ficar à flor da pele na reta final para o Enem. Na semana que antecede a prova, é importante o candidato ter consciência de que já estudou muito e que a palavra-chave agora é moderação.

Você pode e deve revisar alguns pontos, retomar temas e tirar as dúvidas que restaram. Mas, para se dar bem no exame, é preciso estar descansado e com a cabeça no lugar.

Para te ajudar a decidir o que fazer nos seis dias antes do exame, conversamos com três especialistas e montamos um supercronograma para você. Mas lembre-se: não existe uma fórmula mágica que funcione para todos. Nada de se sentir culpado se fizer algo diferente ou quiser adaptar esse roteiro a sua rotina e suas necessidades. 

Dicas gerais

  • Insira no seu cronograma horário para alimentação, atividade física leve ao menos duas vezes na semana e horário para repouso 
  • Coma alimentos saudáveis
  • Durma todos os dias o suficiente para de fato descansar corpo e mente, assim você vai absorver melhor o que vai estudar
  • Organize os seus materiais de estudo. É importante que a cada dia você revise não só os conteúdos, mas também o tipo de questão que você vai responder

Segunda-feira

“O estudante deve seguir seu plano de estudo alternando os conteúdos do primeiro dia da prova do Enem. Na segunda, por exemplo, dedique-se às questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias”, diz a orientadora educacional do Colégio Poliedro, de São José dos Campos (SP), Valéria Silva Moreira.

Olhe a prova de Linguagens do ano anterior e, a partir dela, faça uma revisão dos conteúdos mais abordados e dos estilos mais comuns de questões. “Não busque esse conteúdo pronto, é importante que você mesmo faça o mapa dessas questões”, ressalta Renan Miranda, professor de História do Curso Anglo, de São Paulo (SP). 

Uma dica do diretor do Sistema de Ensino pH, Cláudio Falcão, é se atentar às matérias com mais peso no curso que você vai prestar. Confira se restou alguma dúvida sobre os principais temas da disciplina que pode ser resolvida nos próximos dias.

Terça-feira

Terça-feira é o dia para se dedicar às questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias. É importante que você faça o mesmo trabalho do primeiro dia. Mapeie os conteúdos mais presentes. “Em História, por exemplo, chama atenção o número de questões sobre Revolução Industrial”, explica Renan. 

Analise como os temas são cobrados, e quantos mapas, quantos textos e quantas imagens são apresentados na prova. “Observou os tipos de questão e os conteúdos? Vá à luta revendo os assuntos que você valoriza, que conhece bem, e aqueles que não está lembrando direito”, completa.

Aproveitando que você estará imerso nas Ciências Humanas, relembre e exercite contextos de Atualidades – leia jornais, revistas e portais de notícias. “Veja os temas que podem cair na redação e escolha um deles para desenvolver um texto no dia seguinte. Ler redações nota mil é uma boa maneira de se inspirar”, diz Cláudio. 

Quarta-feira

“É importante que o candidato reserve um dia para se dedicar à redação no estilo do Enem”, diz Valéria. Antes de começar a escrever, lembre-se de como o Enem vai avaliar esse texto. Procure se informar sobre os critérios de correção e as peculiaridades exigidas.

Continua após a publicidade

Lembra das dúvidas que restaram na segunda-feira sobre as questões de Linguagem? Feita essa redação, é uma boa hora para retomá-las. 

Aqui, a rotina de estudos deve e precisa começar a ser reduzida, segundo Cláudio. Portanto, no final do dia, assista a algum filme relacionado aos conteúdos das provas.

Quinta-feira

Comece o dia revisando os conteúdos de Ciências Humanas que você estudou na terça-feira e tire as dúvidas que podem ter aparecido. Procure focar naquilo que lhe parece mais importante pelas características da prova e pelo formato das questões. 

Depois de ter revisado todas as áreas, chegou a hora de pensar no seu plano de prova. Qual estratégia pretende usar? Você vai pular as questões mais difíceis? Terá um critério de marcação para voltar a essas questões depois? Por onde pretende começar: pelas Ciências Humanas, por Português ou pela redação? “Mentalize esse plano de prova e coloque no papel para que você olhe para isso novamente às vésperas da prova”, diz Renan. 

Sexta-feira

“Na sexta-feira é essencial que você verifique o local onde realizará a prova e a melhor maneira de chegar lá”, diz Valéria. Feito isso, dedique-se aos resumos que fez ao longo do ano. A cada frase que encontrar tente contextualizar o tema, garantindo, matéria por matéria, que você tenha compreendido a essência dos conteúdos. 

Ao final do dia, retome a prova do último ano e veja se há algum aspecto dessa prova te incomodando. Se encontrar, analise sua importância na prova como um todo e, se muito necessário, corra atrás disso. 

Sábado

No sábado, descanse. “Os grandes atletas, nas vésperas das provas importantes, fazem polimento. Ou seja, descansar, preparar-se e mentalizar a prova que está pra acontecer. Faça do sábado um grande polimento”, aconselha Renan. Evite conversas relacionadas ao quanto você estudou e comparações nesse sentido. 

Embora seja a véspera da prova, é dia de fazer exercícios físicos leves e alguma atividade que realmente ajude a relaxar. Dedique-se a refeições balanceadas e a uma boa noite de sono para que, no domingo, você esteja preparado não só intelectualmente, mas emocionalmente. Lembre-se que o Enem é uma prova muito exaustiva pelo número de questões que você terá que ler. 

Também separe seus documentos, materiais escolares, lanche e água para levar para a prova. 

Com essas dicas, sua semana ficará mais organizada e você poderá relaxar no dia a dia para alcançar o melhor resultado possível no domingo. Boa prova!

Continua após a publicidade
Publicidade