Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

5 atividades que aprendemos na quarentena, segundo o Google

Você também aproveitou a quarentena para aprender algo novo na internet?

Por Luccas Diaz Atualizado em 8 mar 2021, 19h50 - Publicado em 29 dez 2020, 14h16

O ano de 2020 está finalmente acabando! O momento pode ser de alívio para muitos depois de um ano tão atípico. No entanto, recapitulando o ano, muita gente aproveitou bem o tempo em casa para estudar algo novo. É o que aponta a lista de pesquisas mais feitas pelos usuários no Google durante o período.

Entre os tópicos mais pesquisados estão os números da pandemia do coronavírus,  DIYs (ou ‘Faça Você Mesmo’) de máscaras caseiras e perguntas como “Quem ganhou o BBB”. As pesquisas iniciadas com a palavra “aprender” tiveram destaque.   Ficou curioso? GUIA mostra as 5 atividades para aprender que foram mais buscadas no Google esse ano. Ah, tem vídeo para iniciantes. Bora aprender?

++ 14 museus para conhecer sem sair de casa durante a quarentena

++ BBB20 e o feminismo branco: o que é o interseccionalidade?

++ 5 atitudes que atrapalham seu estudo durante a quarentena

5. Aprender coreano

Com as escolas fechadas e as aulas online, muitos que antes torciam o nariz para o formato de ensino remoto não tiveram outra opção a não ser se adaptar.  No ranking do Google, aprender coreano está em quinto lugar. Há algumas explicações possíveis para esse interesse no idioma oriental. A popularidade do K-Pop e ascensão da Coreia do Sul como um polo financeiro são as razões mais aparentes. Os estados que mais pesquisaram esse termo foram Maranhão, Ceará e Bahia.

++ YouTubers contam como é estudar em países bem diferentes

++ Entenda o fenômeno K-Pop

++ Muito além de Hollywood: conheça 10 séries em que não se fala inglês

4. Aprender italiano

Em quarto lugar na lista, aprender italiano representa o interesse dos brasileiros pelo país europeu. Os processos de imigração entre o final do século 19 e o início do 20 trouxe muitas famílias da Itália para o Brasil, criando uma das mais ricas relações do país, tendo reflexos na cultura, na fala e na culinária. A procura pelo aprendizado de italiano sempre foi marcante no Brasil, mas na quarentena a busca por vídeos e materiais que possibilitassem o autodidatismo cresceram e tiveram vários picos, sendo o maior durante os dias 5 e 11 de abril. Pernambuco, Santa Catarina e o Distrito Federal foram os que mais correram atrás do idioma.

++ Proposta de redação: A questão da xenofobia no Brasil

++ “O Nome da Rosa”: saiba como utilizar o filme no vestibular

++ 7 filmes que vão inspirar seu intercâmbio (ou uma viagem dos sonhos)

3. Aprender espanhol

Continua após a publicidade

Muitas pessoas  colocam “nível básico” de espanhol no currículo, mesmo não passando do “¡Hola! ¿Qué tal?”, não é mesmo? Mas durante a quarentena, muitas pessoas decidiram finalmente dar um upgrade nesse status. A procura por resultados de “aprender espanhol” figurou em terceiro lugar na lista de aprendizados do Google. O segundo idioma mais falado do mundo teve um pico de buscas e ficou basicamente o ano todo em alta. No entanto, o fim de março e o início de julho foram os períodos que mais usuários buscaram essa atividade. As regiões que procuraram em peso aprender espanhol foram o norte e o nordeste, com os estados do Piauí, Amazonas e Maranhão ficando nos 3 primeiros lugares.

++ 5 ferramentas e apps para quem quer aprender espanhol

++ 9 dicas certeiras para aprender espanhol mais rápido

++ 9 filmes para você treinar o espanhol

2. Aprender a desenhar

A  busca por aprender a desenhar ficou em segundo lugar nas buscas.  O auge de procura rolou na semana do dia 22 de março e apresentou vários outros picos durante o ano. Os estados que mais procuraram aulas de desenho foram Pará, Alagoas e Piauí. Já dizia Leonardo da Vinci: “A arte diz o indizível, exprime o inexprimível, traduz o intraduzível”.

++ 7 carreiras para quem gosta de explorar a criatividade

++ O que se estuda em Desenho Digital?

++ Artes Visuais: veja quais são as melhores faculdades do país

1. Aprender a tocar violão

Quem nunca quis se dedicar a tocar um instrumento musical? A quarentena foi o momento ideal para muitos.  As buscas para “aprender a tocar violão” tiveram um salto significativo entre o fim de março e o começo de abril.  Entre as regiões que mais buscaram essa atividade, o estado de Sergipe figura em primeiro lugar, seguido logo depois por Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Buscas por violino, viola e acorde foram pesquisas relacionadas também feitas pelos usuários esse ano.

++ Sonha em trabalhar com música? Confira 5 áreas de atuação

++ 9 músicas sobre temas importantes da história nacional

++ Rock, Axé, Choro: 7 documentários para conhecer música brasileira

Você aprendeu algo novo na internet durante o ano de 2020? Comente nas redes sociais do GUIA e diz qual curso vocês gostariam de saber mais 😉

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

Continua após a publicidade
Publicidade